Teasers

Todas as quartas de Abril, sempre às 19h30, no YouTube do Edith Cultura.

Teaser de LiterAto:

Teaser de Tabacaria:

Tabacaria já disponível, veja aqui.

Teaser de Lisbon Revisited (1923):

Lisbon Revisited já disponível, veja aqui.

Teaser de Livro do Desassossego - Trechos 93 e 127:

Livro do Desassossego já disponível, veja aqui.

Teaser de O Guardador de Rebanhos - canto V:

O Guardador de Rebanhos já disponível, veja aqui.

Eu nunca guardei rebanhos, mas é como se os guardasse.

É a sensação de que que tudo é sonho, como coisa real por dentro

Se tem a verdade, guardem-na. 

Não sou forte, nem nobre, nem grande. 

Nem sei se é humano sofrer. 

É como pensar razões e afins.

Tudo isso, seja o que for, que sejas, se pode inspirar, que inspire!

Que mal fiz eu aos deuses todos?

Para que chamo-lhe eu Deus? 

O único mistério é haver quem pense no mistério.

Há metafísica bastante em não pensar em nada.

 

Sempre foi menos a intensidade das sensações

Não tardo, que eu nunca tardo…

É a minha maneira de estar sozinho.

Sei a verdade e sou feliz.

Como não fiz propósito nenhum, talvez tudo fosse nada.

E os meus pensamentos são todos sensações.

se incluem na dor universal

 

O que penso eu do Mundo?

Mas penso ser tanta coisa! 

Com todo o direito a sê-lo

Eu não me queixo pelo mundo

Obedeço-lhe a viver espontaneamente

E tudo isso é estrangeiro, como tudo

Onde é que há gente nesse mundo?

Eu não sou pessimista, sou triste

 

Tudo vale a pena, se a alma não é pequena

Eu vou escrever esse história para provar que sou sublime

A luz do Sol não sabe o que faz

Gira, a entreter a razão

Ele morrerá e eu morrerei

Crer em mim? Não, nem em nada 

Vivi sempre mais amplamente o conhecimento emotivo da vida

E ando com ele a toda hora

Para quê havemos de ir juntos? 

 

Em que hei de pensar? 

Não: não quero nada.

A caligrafia rápida desses versos

Sempre uma coisa tão inútil como a outra

E o dono da Tabacaria sorriu. 

E se soubessem quem é, o que saberiam? 

 

Põe quanto és no mínimo que fazes

À parte isso, tenho em mim, todos os sonhos do mundo?

Valeu a pena? 

A lua toda brilha porque alta vive.

Segue o seu destino

Eu que lide comigo e com os comigos de mim